You are currently browsing the category archive for the ‘Publicidade On-Line’ category.

logo_adscapemedia2.jpg

O Google está querendo abraçar o mundo? O Google quer dominar o mundo? Serão os donos do Google, na verdade, Pink e Cérebro? Dando uma breve pausa na série de post que fala sobre a estratégia de marketing da Nintendo, sou obrigado a comentar uma discussão que tem acontecido no blog Casa do Galo, no post sobre a compra da empresa AdScape Media, pelo Google (clique aqui para ver o posto da Casa do Galo).

A discussão é sobre o Google estar indo com muita sede ao pote, comprando tudo que aparece pela frente, tentando atacar em todas as frentes e, sobre a sua capacidade para fazer isso. Daí vem a indagação sobre o Google estar dando passos maiores que as pernas. Na minha opinião, a resposta para essa pergunta é: não.

Acredito que cada aquisição do Google é bem estudada, não apenas por analistas que analisam o mercado que necessita ser analisado! 😛 Ou pelos movimentos do mercado, ou projeções de empresas de consultoria. Pôxa, o Google tem o maior e mais atualizado banco de dados (talvez o mais útil). É óbvio que eles tem acesso a filtros e tipos de monitoração que nós não temos. Assim, fica muito mais fácil pra eles, descobrir para onde o mercado está apontando e para onde vai apontar.

Ou seja: eles têm todas as ferramentas para saber onde estão pisando…

Fora que o Google sempre pareceu uma empresa que aprende com os erros. Com os erros dos outros e, principalmente, com os seus. Lembra que eles fizeram o burocrático “Google Video”? Pois é, ele surgiu depois do YouTube, que na época não era tão conhecido, mas já tinha (e continua tendo) um sistema infinitamente melhor, mais simpático e mais amigável do que aquela furada que o Google fez.

Imagine que o Google teve que gastar dinheiro e tempo na concepção, na produção e na implementação do Google Video. Depois, teve que gastar mais 1,6 bilhões de dólares para comprar o YouTube, que começou como uma brincadeira de amigos. Não é difícil tirar uma lição daí.

Então, ela deve ter analisado bem o mercado e as vontades das pessoas e dos desenvolvedores de jogos (e dos consumidores deles), e viu que comprando uma empresa que já tem uma certa experiência em um mercado pouco coberto, seria uma ótima possibilidade de expandir o seu popular programa de publicidade, o Google Adwords que, de tão bom, passou da alternativa dos blogueiros e sites pequenos, para a inserção em grandes portais, como o Terra, por exemplo.

Fora que, acredito eu, essa publicidade em games, será uma ótima maneira para desenvolvedores independentes que fazem ótimos jogos como o Savage, e o (também muito bom) RPG Online gratuíto SilkRoad, ganharem dinheiro mais facilmente, e continuarem produzindo ótimos games gratuitamente. Assim, as pessoas terão um acesso mais fácil à diversão. Quem se diverte é feliz. E quem é feliz, abre a mão mais facilmente. Assim, o Google continua enchendo o bolso, e compartilhando com os internautas, principalmente, os produtores de conteúdo.

Por isso não acredito que o Google esteja dando passos maiores que as pernas. Eles têm muitas ferramentas, e inteligência, que os ajudam a caminhar.

Anúncios
setembro 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Comente e Opine

Você chegou até aqui e leu, ao menos um post. Você deve ter uma opinião sobre o assunto. Então, sinta-se livre para fazer um comentário e se fazer ouvir. Abraços

Meus Bookmarks