You are currently browsing the category archive for the ‘Publicidade Impressa’ category.

Achei muito interessante essa campanha dos marcadores. A idéia é ótima e a direção de arte é linda. Não precisa nem de comentários, ela fala muito bem sozinha.

stabilo01.jpg

Continue lendo »

sister_type.jpg

Tá. Eu concordo que um simples: “Não use drogas” não é muito criativo. Mas por que as pessoas acham que coisas “chocantes” surtem efeitos.

Nas aulas de Redação Publicitária, e em livros, aprendi que existem duas maneiras de se vender algo: pela razão ou pela emoção. Sinceramente: eles acham que conseguem vencer uma dependencia química, ou a curiosidade dela, com uma idéia emocional? Não é como combater fogo com fogo?

A melhor maneira de combater algo como drogas, que mexem com coisas emocionais (ou alguém começa a usar drogas por outro motivo?), não seria com uma argumentação lógica? “Não use drogas, porque elas fazem mal a você”, pra mim, ao menos, faz muito mais sentido (e é muito mais convincente) que o texto do anúncio acima: “Minha irmã sempre cuidou de mim. Mesmo depois que eu fiz dela uma viciada.”

Para ver outras peças da campanha, clique no link abaixo.

Continue lendo »

MUDAMOS NOSSO ENDEREÇO PARA WWW.LUCASPEREIRA.COM/BLOG
dovemult01.jpg

E a ond Kidult dominou as mulheres, ou é só uma piada que lembra a infância delas?

Eu não sei, mas pra mim, essas “modas” do tipo Kidults são coisas, mais, de homem. Mulheres podem, até, gostar de juntar brinquedos, mas é porque elas acham bonito. Os brinquedos não fazem elas se sentirem com mais status, como acontece com os homens.

Se elas vestem uma camiseta da “Supergirl” é porque gostaram de como fica nelas (na verdade, porque acham que os outros vão gostar de como fica nelas), e não para ficar jogando lembranças na cara dos outros, nem ficar chamando risadas, como fazem os homens.

Não consigo imaginar Kidults rosa… Existem?

Veja o resto da campanha, clicando no link abaixo.

Continue lendo »

MUDAMOS NOSSO ENDEREÇO PARA WWW.LUCASPEREIRA.COM/BLOG

garfield.jpg

Kidults, segundo a Wikipedia, são adultos de meia idade que gostam de ser parte da cultura jovem, fazendo e/ou comprando coisa que, geralmente, são mais adequadas à crianças.

As vezes tenho a impressão que, assim como abaixo dos vinte, o mundo parece estar dividido entre os Emo e os outros grupos, acima dos 20 anos o mundo está dividido entre quem é Kidult e quem não é.

E os Kidults que, antes tinham uma grande força na área do consumo, comprando brinquedos mais caros do que os brinquedos para crianças, têm ganhado mais força, ainda.

Uma das provas, são esses anúncios. Ele usa personagens de desenhos animados que, certamente, eram os que os Kidults assistiam quando eram crianças (e por isso, principalmente pela sua condição de kidult), têm uma ligação emocional bem forte (lembra que são adultos crianças?).

E, quando alguém tenta te vender carro, com anúncios direcionados para a “tua tribo”, é porque vocês têm uma força de consumo muito grande.

Veja os outros anúncios dessa campanha, clicando no link abaixo.

Continue lendo »

pola1

pola2

Adoro histórias em quadrinhos. Inclusive foi assim que aprendi a ler, com a primeira edição de uma revista chamada “Disneylândia”, que tinha histórias de vários personagens da Disney. Mas hoje leio mangá.

 

Isso seria completamente irrelevante, mas não é. Várias pessoas da mesma idade que eu (23 anos… Acho que sou da última turma que sabe o que é um LP do Trem da Alergria… Bem, na verdade, da última turma que sabe o que é um LP…). Várias pessosas cresceram lendo Turma da Mônica, Marvel, DC (o sucesso dos filmes do Homem-Aranha são prova disso). Portanto, quadrinhos são ótimas ferramentas de publicidade. E, na minha opinião, são bem mais eficientes (como anúncio), quando não têm diálogo. Como esses dois acima.

 

Anúncios de óculos escuros. Bons anúncios… Os óculos são muito feios, mas o anúncio foi feito na medida para os cafajestes… São simpáticos, escrachados e, graças a Deus, politicamente incorretos. Não são revolucionários, nem originais, mas têm o seu valor. Até tu ver o terceiro…

pola3

Só eu achei completamente estúpido? Quer dizer que, se ele estiver de óculos escuros, a mulher ao lado não encherga que o retrovisor está mostrando os seios, os seios, as pernas, as pernas?

Devem ser óculos mágicos. E, como eu disse antes, para cafajestes! Afinal, com eles, a tua namorada não te vê “aprontando”, mas a guria que tu tá dando em cima, vê… E retribui!

Esse terceiro é tão boboca que estraga tudo. Agora, quando olho para os dois primeiros, me pergunto: “Que graça vi?”

 

 

 

 

PSBodies.jpg

PSSpring.jpg

Sou louco pela TBWA. Acho que eles tem ótimas contas e ótimos profissionais. As vezes tenho a impressão que é uma das poucas grandes que ainda faz um estilo mais suave e inteligente de publicidade. Não aqueles “tapas na cara” que a maioria dos publicitários atuais e (principalmente) os jurados dos festivais de publicidade gostam. E, talvez seja por isso que eu odeie, tanto, os anúncios do Play e do PSP.

Cara, o que é isso? Ótima direção de arte. É um videogame, e eles tentaram brincar com a fantasia. Só que resolveram ir para um lado do tipo “fantasia mais real”. Ficou ofensivo. Ainda bem que o Playstation 2 (diferente do PSP), tem ótimos jogos.

Glasses.jpg

Spittle.jpg

Ladybird.jpg

“É Hora de Perdoar Ela – 14 de maio, dia das mães.”

Uma boa idéia, e muito original para o evento. O dia das mães é época de perdoar? Olhando esses anúncios eu me perguntei se tinha coisas desse tipo para perdoar a minha mãe… Lembrei de várias… Olhei os meus álbuns e vi que foi muito pior que a minha memória acusou.

É um anúncio muito bom. Porque é simples e te traz lembranças. Mais do que chamar atenção, faz com que tu te identifique. Isso é muito bom.

O único detalhe é que no Ads Of The World, o site de onde tirei esses anúncios, é que li um comentário falando que a direção de arte é ruim. Concordo. Mas, levando em conta que quem fez esses anúncios foi criança no final dos anos setenta, início dos oitenta… Bem, essa época foi a inspiração para essa pessoa. É impossível fazer qualquer coisa bonita se inspirando nesses anos…

bk1.jpgbk2_0.jpg

bk3.jpg

Aqui eu não sei dizer se foi uma boa ou má idéia. Com certeza os anúncios do “Mundo de Marlboro” são muito famosos… E esses anúncios foram muito bem feitos e tem um humor “simpático”. Mas eu não consigo olhar para eles sem lembrar do ator das campanhas do Marlboro, que morreu de câncer, por tanto fumar… E várias pessoas para quem eu mostrei, disseram a mesma coisa.

Mas, mesmo assim são bem feitos.

julho 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Comente e Opine

Você chegou até aqui e leu, ao menos um post. Você deve ter uma opinião sobre o assunto. Então, sinta-se livre para fazer um comentário e se fazer ouvir. Abraços

Meus Bookmarks