You are currently browsing the category archive for the ‘Animes’ category.

Photobucket - Video and Image Hosting

Esse é um anime para quem não gosta de animes, com a explicação de que são coisa de criança. Esqueça as lutas que duram dois anos e 600 episódios. Aqui tudo que você viu em Dragon Ball ou Cavaleiros do Zodíaco é esquecido. Se prepare para Filosofia, Folclore Japonês, Música, Psicologia e lendas Maias.

RahXephon é um anime que, em 26 episódios, conta a história de Ayato Kamina, um estudante de 17 anos que pensa que o mundo ao redor de Tókio não existe mais.

É que em 2012, o mundo foi atacado por fortalezas voadoras de uma raça chamada “Mulian”, que são iguais seres-humanos, só que possuem o sangue azul, e controlam os “Dolens”.

Dolens são robos gigantes, feitos de pedra, como os golens.

O que aconteceu, é que o mundo não acabou por causa desses ataques. Tóquio é que foi isolada do mundo. Envolta em uma barreira pan-dimensional, a cidade vive em outro tempo (literalmente), onde as horas, os dias e os meses transcorrem de maneira mais lenta, fazendo com que dentro da barreira, seja 2015, e fora da barreira, 2027.

E a história começa quando Ayato “desperta” o RahXephon, que é o seu robo gigante, e é “resgatado” por Haruka Shitow, indo para o mundo fora de Tóquio. E é nesse novo mundo que ele descobre, enfim, o seu lar.

É uma ótima série. Trata de preconceitos (os humanos “normais”, que são os que estavam fora de Tóquio, acham que os Mulians – que são os que estavam dentro deTóquio, e que tem o sangue azul – são inferiores. E são considerados monstros, aberrações e inimigos). Tem ação, romance, psicologia, filosofia, folclore, mistério… tudo contado de uma maneira complexa (as vezes confusa), acabando com qualquer desculpa que as “pessoas sérias” tenham para ter preconceito em relação aos animes. Assista.

 

 

 

Anúncios
setembro 2017
S T Q Q S S D
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Comente e Opine

Você chegou até aqui e leu, ao menos um post. Você deve ter uma opinião sobre o assunto. Então, sinta-se livre para fazer um comentário e se fazer ouvir. Abraços

Meus Bookmarks