nintendo_s.jpg

E é com uma pergunta, a segunda pergunta, que entendemos o que a Nintendo fez já que ela não queria mudar, mas estava num mercado que já não a aceitava mais…

A segunda pergunta: como vender, se o que os consumidores querem tudo aquilo que tu não quer oferecer? Esses tais jogadores hardcore…
A segunda resposta: resgatando antigos e, atualmente, desligados consumidores. Esses tais jogadores casuais…

Não adianta brigar de frente e ver quem tem o videogame com os gráficos mais realistas ou a fonte que esquenta mais e mais rápido, como a Sony e a Microsoft tentaram fazer. Se a Nintendo entrasse nessa onda, só teria um videogame mais caro, porque o diferencial que contaria, realmente, seriam os jogos e essa vantagem, indiscutivelmente, é da Sony.

Então a Nintendo fez um videogame com jogos simples, inovadores e divertidos. Os jogos mais populares são os de ação: pegue uma arma e mate os inimigos. Controles tradicionais são horríveis pra isso. O que você acha de fazer mira apontando pra onde você quer atirar? O Wii tem! O que você acha de brincar de luta de espada (ou sabres de luz? hein?!), brandindo a espada e retalhando inimgos como você fazia com aquela espada de plástico e a sua imaginação, quando era pequeno? O Wii tem! Fora novos tipos de jogos. Quer ser um maestro, mexendo a batuta pra lá e pra cá? O Wii tem!

E aquele som 5.1, fantástico que vai te dar uma “total imersão” de áudio, no jogo? Tanto faz se o Wii tem… A questão, nesse caso é: você tem? E uma TV de Alta Definição? O Wii, depende apenas do Wii, para uma experiência “completa”.

A Nintendo não podia abandonar seus valores, mas também sabia que, sem fazer isso, jamais seria páreo para os jogos exclusivos do Playstation, ou, quem sabe, para o poderio econômico da Microsoft. Então, ao invés de mudar a sua filosofia, resolveu mudar a maneira como os videogames são jogados. Simples, não?

Com todo o respeito as outras empresas: simples sim, mas só para quem tem os gênios que a Nintendo tem.

E é por isso que, hoje a Nintendo é a líder da nova geração. Mas será que vai continuar assim, depois que vierem Metal Gear Solid 4, e Final Fantasy XIII para o Play 3? A maioria dos analístas tem medo de dizer. Nada indica que a Nintendo vá perder a liderança. Mas, depois de perder feio para os dois Playstations, e ficar em baixa por 12 anos, todo mundo continua admirando a Nintendo… Mas acreditar nela, é outra história… Todo mundo pode até torcer, mas se parar pra imaginar, poucos conseguem ver a Nintendo como líder…

Em compensação, na equipe de marketing da Nintendo… Eles vêem muito longe.

 

Anúncios